Precisa de ajuda para escolher o seu
treinamento ou tem alguma dúvida?

IA Generativa: Concorrência, parceria ou mais uma onda?

Por Raimundo Correia Lima Júnior*

Neste artigo, iremos abordar a visão inicial da chegada da Inteligência Artificial Generativa. Antes de abordar o tema propriamente dito, gostaria de contar uma breve história que ocorreu comigo…

Há cerca de seis meses, o Projuris começou a implementar a Inteligência Artificial Generativa em sua plataforma.
Quando descobri essa novidade, compartilhei uma matéria detalhada sobre o assunto com um amigo que é advogado.
Ele então me respondeu prontamente: “Isso jamais vai substituir um advogado!”
Após ler sua resposta, eu refleti brevemente e retruquei: “Bem-vindo ao inevitável!”

Essa interação me levou a refletir sobre a relutância generalizada em relação ao uso dessas novas “ferramentas”.

Percebi que essa aversão é uma resposta natural ao desconhecido. Com a introdução do Chat GPT e o aumento na popularidade da Inteligência Artificial Generativa, surgiram questionamentos sobre o quanto essas tecnologias representam uma concorrência para o trabalho humano, uma simples tendência passageira ou uma verdadeira parceria.

Pensando nisso, vamos considerar alguns aspectos relevantes:

1 – Concorrência ao Trabalhador Humano

      • A história mostra que, enquanto novas tecnologias emergem, alguns campos de trabalho sofrem reduções drásticas ou até desaparecem.
      • Foi o que aconteceu com os datilógrafos e os fabricantes de carroças, que foram substituídos pelos computadores e automóveis, respectivamente.

2 – Somente Mais uma Onda, a Famosa “Modinha”

      • Embora surjam tecnologias passageiras, algumas, como as ferramentas de busca, permanecem. O Google, por exemplo, ainda domina esse mercado.
      • As IA Generativas emergiram como uma das maiores ameaças ao modelo de busca do Google na última década, fornecendo respostas diretas e rápidas, em contraste com os tradicionais links.

3 – Parceria

      • A chegada das IA Generativas democratizou e facilitou seu uso, ampliando a necessidade de adaptação.
      • No ecossistema da agilidade, adaptar-se é essencial ao lidarmos com novos cenários, processos e ferramentas. No entanto, as IA Generativas não podem ser vistas apenas como mais uma ferramenta no arsenal.
      • Elas possuem potencial para aumentar a eficiência individual e também para refinar a eficácia de forma notável.

Concluindo, o medo de ser substituído ou de investir tempo em uma tendência passageira não deve impedir o uso dessas tecnologias.

Quanto antes integrar a Inteligência Artificial Generativa em suas rotinas e processos, mais rápida será sua adaptação e mais perceptíveis serão os resultados.

Se isso representar uma concorrência, seja ágil e adapte-se o quanto antes à novos nichos de trabalho.

Se for uma modinha, passará sem maiores consequências.

Mas se for uma parceria, colocará você à frente, com um aliado eficiente e eficaz.

 

Sobre o autor

Com uma trajetória consolidada em Gestão Ágil, meu objetivo é promover a excelência em Gestão de Produtos e Projetos através da aplicação de metodologias ágeis, Lean e Kaizen, enfatizando a otimização de processos e a implementação de melhorias contínuas. Meu foco é estar comprometido em elevar a eficiência das equipes e aplicar práticas de Ágil Escalado para enfrentar desafios em organizações de grande porte. Minha abordagem visa desenvolver ambientes colaborativos que cultivem a inovação e a maturidade ágil, integrando as mais recentes inovações tecnológicas, incluindo Inteligência Artificial Generativa, para impulsionar a transformação digital e alcançar resultados sustentáveis, de alto impacto.

 

Gostou deste conteúdo?

  • Inscreva-se na lista de interesse para receber mais conteúdos sobre esse tema.

  • O próprio autor Paulo Caroli, criador da Lean Inception, workshop colaborativo para ajudar um grupo de pessoas a definir o MVP, está experimentando com a Inteligência Artificial Generativa. Confira o www.chatMVP.ai.

Caroli.org

A Caroli.org, com um excelente time e a integração de pessoas autoras, treinadoras, parceiras e demais colaboradoras, tem como missão principal compartilhar conhecimento e, dessa forma, contribuir para a transformação de um mundo melhor. Veja mais detalhes sobre nossos Treinamentos autorais e exclusivos, nossos Livros e muitos outros conteúdos em nosso Blog.

Pin It on Pinterest