MVP, equipe de produto e o tempo

29 nov 2022 | MVP

Por Paulo Caroli

Não é quanto tempo você tem, mas o que você decide fazer com o tempo que tem.

O tempo é o mesmo. Para todas pessoas, para todas empreendedoras, para todas empresas.

Todos têm exatamente o mesmo tempo. E muitos estão disputando pelo mesmo mercado, pela atenção dos (mesmos) clientes e usuários.

O tempo disponível para emplacar um produto de sucesso é curto. Se você não o fizer, alguém vai fazer.

O maior erro é exagerar e se apressar para elaborar e criar todo o produto. Por exemplo, contratar mais gente, planejar todo o produto, trabalhar 14 horas por dia (incluindo fim de semana e feriados).

Desta forma, esta organização tem mais tempo que as outras empresas. E esse é o erro!

Não. Não trabalhe 14 horas por dia, nem em fim de semana ou feriados. Não forme equipes enormes, com mais gestão e sobrecarga para manter todos “na mesma página”.

Assim como as outras empresas e equipes empreendendo na mesma área, cada pessoa da sua equipe também deve trabalhar oito horas por dia. A grande diferença está em como a equipe se organiza e como ela direciona o trabalho (pensa grande, começa pequeno, aprenda rápido!).

Se trabalha com produtos digitais, forme equipes de produto empoderadas. Segue a definição do Marty Cagan para equipes de produto empoderadas:

Equipes de produto empoderadas são equipes multifuncionais (produto, design e engenharia); elas são focadas e medidas por resultados (não somente por entregas); e elas têm o poder de descobrir a melhor maneira de resolver os problemas que foram solicitadas a resolver.

Não é quanto tempo a equipe tem, mas o que a equipe decide fazer com o tempo que tem.

Ao invés de buscar a solução definitiva para todo o produto, é muito mais efetivo pensar primeiro no que é mais importante, e como vamos validar (o que fazer primeiro e como verificar se estamos indo em um bom caminho). Você precisa alinhar as pessoas envolvidas sobre o plano para este mínimo viável, sobre o mínimo para validar o direcionamento do negócio.

Você precisa fazer isso de forma muito efetiva (consumindo pouco tempo). Logo, assim que tiver este plano para o mínimo viável, você precisa aproveitar ao máximo o tempo, criar o MVP e colocar logo nas mãos dos usuários.

Não perca mais tempo! Faça logo uma Lean Inception, alinhe sobre a visão do produto e o MVP, construa-o e valide-o. O mais rápido possível!
 

Gostou deste conteúdo?

Paulo Caroli

Paulo Caroli é o autor do livro best-seller "Lean Inception: Como Alinhar Pessoas e Construir o Produto Certo" (o primeiro em uma série de livros sobre Estratégia e Entrega Lean). Ele também é o criador do FunRetrospectives.com , site e livro sobre retrospectivas, futurospectives e actividades de team building. Caroli escreve neste blog com frequência. Receba a próxima postagem em seu e-mail. Inscreva-se aqui.
MVP: Conheça e saiba como usar o produto mínimo viável

MVP: Conheça e saiba como usar o produto mínimo viável

MVP é abreviação do conceito minimum viable product que, em português, representa o produto mínimo viável. São apenas três letras que carregam um significado muito importante para empreender com sucesso. O MVP é a versão mais simples de um produto que será criada e...

ler mais

Pin It on Pinterest