Precisa de ajuda para escolher o seu
treinamento ou tem alguma dúvida?

OKR, indicadores de resultados já alcançados (lagging) e indicadores de avanço (leading)

imagem capa do artigo com fundo branco, imagens que lembram ideias, gráficos crescentes, logo da Caroli e em preto e vermelho a palavra OKR

OKR (Objectives and Key Results) é um framework de gestão de metas que vem ganhando destaque nos últimos anos como uma ferramenta eficaz para alinhar objetivos estratégicos em empresas de todos os portes. Ao definir objetivos claros e mensuráveis e identificar resultados-chave (KR) para medir o progresso em direção a esses objetivos, o OKR permite que equipes e empresas tenham um foco direcionado e trabalhem de forma mais eficiente para alcançar seus objetivos. Neste artigo, compartilho a importância de distinguir entre indicadores leading e lagging ao usar o framework OKR e forneço exemplos de como aplicá-los para elaborar objetivos e KRs eficazes.

 

Indicadores leading e lagging, qual a diferença?

Indicadores lagging medem o sucesso de um objetivo já alcançado, enquanto que os indicadores leading são usados para monitorar o progresso em direção a um objetivo antes que ele seja alcançado.

Os indicadores lagging são usados para avaliar o desempenho e fornecer feedback sobre a eficácia das estratégias que foram implementadas. Por outro lado, os indicadores leading são usados para orientar a tomada de decisões e fazer ajustes no meio do caminho, caso seja necessário.

Em outras palavras, os indicadores lagging indicam o que aconteceu no passado, enquanto que os indicadores leading são utilizados para prever o que pode acontecer no futuro. Ambos os tipos de indicadores são importantes e complementares para a definição dos OKRs, o acompanhamento do progresso e tomada de decisões.

ÚLTIMAS VAGAS para a próxima turma do Treinamento OKR Leadership: Defina, acompanhe e facilite OKRs em sua organização. Será nos dias 03 e 04 de maio, com o autor Paulo Caroli. Saiba mais aqui

 

Descreva o futuro como um Objetivo alcançado

Para elaborar objetivos, é comum se basear na visão de futuro e definir possíveis impactos desejados, aquilo que almejamos alcançar. Esses impactos são frequentemente descritos como indicadores de resultados já alcançados (lagging indicators). Eles representam a situação que se deseja atingir e que irá sinalizar se os objetivos foram alcançados.

Para elaborar Objetivos, eu gosto de imaginar uma máquina do tempo. Faça essa atividade comigo:

Entre numa máquina do tempo. Vá para o futuro. Descreva o sucesso como um Objetivo já alcançado.

Seguem alguns exemplos:

  • Aumentar o faturamento em 20% até o final do ano
  • Reduzir o tempo médio de espera dos clientes em 50% nos próximos 6 meses
  • Lançar um novo produto no mercado e alcançar 10.000 vendas em 3 meses
  • Expandir a área de atuação da empresa para mais 3 cidades no próximo ano
  • Aumentar a satisfação dos clientes em 15 pontos percentuais até o final do trimestre
  • Reduzir o custo de produção em 10% até o final do semestre
  • Melhorar a presença online da empresa e aumentar o tráfego do site em 30% em 6 meses

Note que, para cada um dos exemplos de objetivos listados acima, os resultados só poderão ser medidos com indicadores de resultados já alcançados (lagging indicators). Embora seja ótimo ter um objetivo claro em mente, esses indicadores não fornecem informações sobre o progresso e o desempenho atual em relação ao objetivo. É aí que entram os indicadores de avanço (leading indicators) e os bons KRs.

 

KRs devem ser Indicadores leading

Os KRs (Key Results) devem apresentar indicadores quantitativos de progresso que ajudam a medir o avanço em direção aos objetivos. Eles permitem avaliar se as tarefas, atividades e entregáveis estão contribuindo para o alcance do objetivo desejado.

Os KRs são, por natureza, indicadores de avanço (leading indicators), pois indicam se estamos no caminho certo para atingir os objetivos. Por isso, é fundamental definir KRs que sejam SMART e orientados a resultado para garantir que a empresa está avançando em direção ao seu objetivo.

Se você usou a metáfora da máquina do tempo para elaborar seu Objetivo:

Entre novamente na máquina do tempo e retorne ao presente. Leia seu Objetivo. Agora pense nos indicadores para os quais você pode agir para progredir na direção de alcançar seu Objetivo.

Segue abaixo alguns exemplos de KRs para o objetivo “Aumentar o faturamento em 20% até o final do ano”:

  1. Aumentar em 20% o número de clientes que entram nas nossas lojas.
  2. Aumentar em 30% o número de clientes que testam o produto em nossas lojas.
  3. Reduzir em 40% o tempo médio de espera no atendimento ao cliente até o final do semestre.
  4. Ampliar em 20% a equipe de vendas até o final do segundo trimestre.

Esses são apenas alguns exemplos de KRs que podem ser utilizados para medir o progresso em direção ao objetivo de aumentar o faturamento em 20% até o final do ano. É importante destacar que os KRs devem ser personalizados de acordo com a realidade e as necessidades da empresa.

 

Quais são seus indicadores de avanço?

Josh Seiden, em seu livro “Outcome versus Output“, apresenta um exemplo bastante ilustrativo envolvendo uma loja de colchões. Neste caso, o aumento do faturamento é um indicador de resultado fundamental e deve estar presente no objetivo. No entanto, para medir o progresso em direção a esse objetivo, os KRs podem estar relacionados ao aumento do número de visitantes na loja e aumento do número de visitantes que testam os colchões (se deitam nos colchões). Isso porque, quanto mais pessoas entram na loja e deitam nos colchões, maior a probabilidade delas efetuarem uma compra. Assim, medir esses indicadores de avanço, para este negócio específico, é uma forma eficaz de verificar se as tarefas, as atividades e ações realizadas estejam realmente ajudando a alcançar o objetivo de aumentar o faturamento.

Qual seria o equivalente a ter mais pessoas entrando e testando os colchões para o seu negócio? Em outras palavras, quais são os indicadores de avanço relevantes para medir o progresso em direção ao objetivo desejado?

O framework OKR é uma ferramenta eficaz para definir objetivos estratégicos nas organizações. Ao utilizar os indicadores lagging e leading, é possível medir tanto o desempenho já alcançado quanto o progresso em direção aos objetivos desejados. Os KRs são fundamentais para monitorar o progresso e orientar as decisões, garantindo que o grupo esteja avançando em direção ao seu objetivo.

 

Gostou deste conteúdo?

Conheça o Treinamento Team OKR Mastery: Alcançando o Sucesso da Equipe com OKRs.

Clique no botão abaixo e faça parte do grupo de WhatsApp onde iremos definir as datas das próximas turmas.

 

Paulo Caroli

Paulo Caroli é um consultor, autor e palestrante altamente respeitado, conhecido por criar a metodologia Lean Inception. Como autor de cinco livros influentes sobre agilidade nos negócios, incluindo o best-seller Lean Inception, ele traz uma vasta experiência prática para seu papel como Inception & OKR advisor na Thoughtworks - Expert in Product and Project Inception, Advisor on Team OKR. Paulo está profundamente envolvido em workshops estratégicos, desenvolvimento de produtos digitais e na orientação de equipes sobre agilidade nos negócios e estratégia de produto.
Determinismo Ágil: A Influência de Team OKR, Lean Inception e PBB

Determinismo Ágil: A Influência de Team OKR, Lean Inception e PBB

Neste artigo, exploramos a teoria do determinismo causal no contexto dinâmico das times ágeis. Discutiremos como as ações e escolhas estratégicas afetam o destino de um time ágil, aplicando os conceitos de Team OKRs, Lean Inception e Canvas PBB. Aqui, o “Determinismo Ágil” é apresentado como uma cadeia de eventos interligados e essenciais para o sucesso da sua equipe

ler mais
Team OKR: Alcançando sucesso a cada semana – compromissos na segunda a vitórias na sexta-feira

Team OKR: Alcançando sucesso a cada semana – compromissos na segunda a vitórias na sexta-feira

O livro “Radical Focus” de Christina Wodtke destaca a eficácia da estratégia “Monday Commitments and Friday Wins” (Compromissos na Segunda a Vitórias na Sexta-feira). A combinação de Team OKR alinhada aos eventos Scrum destaca a importância de buscar progressos constantes (output a cada semana) para alcançar resultados desejados (outcome). “Monday Commitments and Friday Wins” é fundamental para motivar a entrega de outputs que demonstram progresso em relação aos resultados desejados.

ler mais

Pin It on Pinterest