🥳  No mês de Aniversário da Caroli.org, você estuda com 30% off usando o cupom: 7ANOSCAROLI. Escolha o seu treinamento!

Precisa de ajuda para escolher o seu
treinamento ou tem alguma dúvida?

Você conhece o framework HEART da Google para métricas de UX?

Um pessoal do Google Research Team criou o framework HEART para ser usado como métricas de UX, da User eXperience, de um produto.

O framework consiste nessas cinco métricas que, em inglês, formam o acrônimo HEART: Happiness, Engagement, Adoption, Retention e Task success.

Segue uma breve descrição de cada métrica:

  • Felicidade: Felicidade é uma medida da satisfação do usuário do produto. Para medir satisfação, você deve usar algum tipo de pesquisa de usuários, como, por exemplo, NPS (Net Promoting Score).
  • Engajamento: Engajamento é uma medida de quanto um usuário interage com o seu produto. Métricas de engajamento medem a interação que um usuário tem com o produto, bem como a regularidade e a intensidade do uso.
  • Adoção: A adoção é medida como a quantidade de novos usuários em um determinado período de tempo. Métricas de adoção demonstram o sucesso ou o fracasso do seu produto em atrair novos usuários.
  • Retenção: Retenção é a capacidade do seu produto manter seus usuários ao longo do tempo. Métricas de retenção demonstram o comportamento dos seus usuários existentes dado as mudanças (ou falta de mudança) do seu produto.
  • Sucesso da tarefa: O “sucesso da tarefa” é uma medida da facilidade (ou dificuldade) do usuário realizar uma determinada tarefa no seu produto. Por exemplo, qual o tempo médio gasto para um usuário fazer a tarefa X, ou qual a percentagem de usuários consegue completar a tarefa Y.

Os criadores do framework aconselham que a equipe UX decida quais dessas métricas devem ser utilizadas ou combinadas para o produto em questão. Eles também aconselham que, como acontece com métricas em geral, você precisa repetir as pesquisas a cada mudança do produto para entender e relacionar as variações do mesmo.

Eu gostei do framework e da iniciativa. Acredito que ainda temos de melhorar bastante a utilização de métricas para a criação de produtos digitais de sucesso. Gostei de ver mais um framework para métricas, compartilhado por um respeitado grupo de trabalho.

 

 

Paulo Caroli

Paulo Caroli é um consultor, autor e palestrante altamente respeitado, conhecido por criar a metodologia Lean Inception. Como autor de cinco livros influentes sobre agilidade nos negócios, incluindo o best-seller Lean Inception, ele traz uma vasta experiência prática para seu papel como Inception & OKR advisor na Thoughtworks - Expert in Product and Project Inception, Advisor on Team OKR. Paulo está profundamente envolvido em workshops estratégicos, desenvolvimento de produtos digitais e na orientação de equipes sobre agilidade nos negócios e estratégia de produto.
O Canvas MVP

O Canvas MVP

Construir produtos de muito sucesso, reduzindo tempo, uso de recursos e alinhados às necessidades dos usuários, é o desejo de qualquer organização ou negócio. Neste artigo, o criador do método Lean Inception, Paulo Caroli, traz a você mais detalhes sobre o Canvas MVP, importante ferramenta utilizada para validar ideias de produtos.

ler mais
Construir ou Comprar MVP: Matriz para tomada de decisão

Construir ou Comprar MVP: Matriz para tomada de decisão

O artigo “Construir ou Comprar MVP” ajuda na decisão crucial de desenvolver ou comprar software para novos empreendimentos, enfatizando a rápida validação de ideias de negócios. Ele apresenta uma matriz de decisão e uma ferramenta Excel para ajudar as partes interessadas a pontuar e comparar opções, garantindo que a decisão de construir ou comprar esteja alinhada com os objetivos estratégicos e operacionais. Essa abordagem promove um processo de tomada de decisão colaborativo e baseado em dados.

ler mais
Determinismo Ágil: A Influência de Team OKR, Lean Inception e PBB

Determinismo Ágil: A Influência de Team OKR, Lean Inception e PBB

Neste artigo, exploramos a teoria do determinismo causal no contexto dinâmico das times ágeis. Discutiremos como as ações e escolhas estratégicas afetam o destino de um time ágil, aplicando os conceitos de Team OKRs, Lean Inception e Canvas PBB. Aqui, o “Determinismo Ágil” é apresentado como uma cadeia de eventos interligados e essenciais para o sucesso da sua equipe

ler mais

Pin It on Pinterest